[Top 5] O Segredo do Kelpie, Aya Imaeda
agosto 29, 2017
Como escrevi “Era Uma Vez no Oeste Bizarro” – Coletânea Magos, por Marcelo A. Galvão
agosto 31, 2017

Como escrevi “Coração de Ouro” – Coletânea Magos, por Karen Alvares

Fiquei muito feliz quando a Ana Lúcia Merege (série Athelgard) me convidou para escrever um conto para Magos; todas as vezes nas quais estive em coletâneas organizadas por essa escritora competentíssima foram oportunidades maravilhosas, resultando em livros de sucesso, como o mais recente deles, Medieval – Contos de uma Era Fantástica, organizado por ela e também pelo grande Eduardo Kasse (série Tempos de Sangue). Tinha certeza que Magos seria uma obra incrível. E não deu outra, o livro está lindo!

O tema – magos – me deixou pensativa. O que escrever? Ficar no tradicional, histórias inspiradas na era medieval, com vestes compridas e florestas? Adoro ler esse tipo de história, mas não é exatamente minha zona de conforto no momento da escrita. Que tal então algo diferente, mais moderno, futurista?

Foi então que surgiu o universo de Brax: minha primeira distopia. Um futuro sombrio, no qual alguns indivíduos sofreram mutações genéticas devido à contaminação da água e, como consequência, ganharam poderes, popularmente conhecidos como magia. O país é controlado por um estranho e misterioso casal, o Pai e a Mãe Pátria, que governam com mãos de ferro e sequestram jovens magos a fim de formar um exército.

Zarina é uma adolescente de quinze anos, prestes a ser examinada pelo Departamento de Proteção à Pátria, mas ela e sua mãe já sabem o resultado: a garota é uma maga e certamente será levada pelo governo. Anos antes, um acidente horrível aconteceu, e Zarina perdeu seu pai. Ela possui um grande poder, uma magia que encanta e assusta na mesma proporção. É então que mãe e filha saem em fuga, mas será mesmo possível abandonar a Pátria?

Gosto muito desse universo e fico feliz por ele ter dado os ares de sua graça em minha imaginação. Brax e seus magos também foram pano de fundo para meu mais novo romance, recentemente lançado pela Editora Draco: Boy’s Love – Meia-noite sem estrelas. Apesar de o livro e o conto “Coração de Ouro” serem relacionados, ambos podem ser lidos separadamente; o conto pode ser considerado um prólogo para o livro, que possui novos personagens deste mundo. Atualmente estou planejando um novo livro, relacionando de maneira ainda mais intensa as histórias do conto e do light novel.

Não fosse o convite da Ana, talvez Brax não tivesse despontado em minha imaginação, e por esse motivo e muitos outros sou extremamente grata a ela. Até o momento, este universo tem me rendido ótimas viagens e novas histórias. Espero que vocês também curtam viajar para este mundo lendo “Coração de Ouro” na coletânea Magos.

Gostou? Você pode comprar a coletânea Magos – histórias de feiticeiros e mestres do oculto com entrega imediata e frete incluso para todo o Brasil!

Magos-capaPaypal | PagSeguro

1 Comentário

  1. Aaaaah! Eu é que tenho muito a agradecer por você sempre embarcar nas minhas maluquices! O livro está mesmo lindo e será um sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *