Como escrevi “Kyrie Eleison” – Coletânea Magos, por Liége Báccaro Toledo
agosto 28, 2017
Como escrevi “Coração de Ouro” – Coletânea Magos, por Karen Alvares
agosto 30, 2017

[Top 5] O Segredo do Kelpie, Aya Imaeda

Cá estão cinco elementos que influenciaram a escrita d’O Segredo do Kelpie, novo romance da Draco baseado em contos de fadas escoceses.

1 – Hakushaku to Yousei (O Conde e a Fada)

hakushakuEsse anime/light novel, apesar de um tanto adocicado demais para o meu gosto atual, foi o meu primeiro contato com o folclore escocês, e o que me levou a pesquisar sobre o assunto. Acabei me apaixonando por esse mundo de fadas, brownies, banshees e kelpies.

2 – Heather Dale e Secret Garden

heather-daleAs músicas da Heather Dale, com temáticas folclóricas e mitológicas, me inspiraram bastante durante a escrita d’O Segredo do Kelpie. Gosto especialmente de The Maiden and the Selkie, que ouvi quando estava escrevendo as cenas passadas no litoral. Também ouvi muito as músicas instrumentais de Secret Garden, que evocam imagens de paisagens naturais cheias de magia e mistério, onde certamente existem faeries nos espreitando.

3 – Dexter e Dom Casmurro

casmurroEu não era muito fã de escrever em primeira pessoa, mas a série do Dexter, de Jeff Lindsay, e Dom Casmurro, de Machado de Assis, me ensinaram a tirar proveito de um protagonista cuja visão de mundo é bastante peculiar. Acabei me divertindo muito tendo o Kelpie como narrador.

4 – Seiyuus – Mizuki Nana e Kamiya Hiroshi

seiyuusQuando minha irmã leu o primeiro capítulo da história, ela me perguntou se a Aileen era a Mizuki Nana. Isso é o quão bem ela me conhece. Eu realmente me inspirei na voz da Mizuki, uma cantora e dubladora japonesa, para criar a Aileen, pois adoro o fato dela conseguir soar tanto como uma garota doce e delicada quanto como uma mulher confiante e poderosa. E, claro, adoro quando ela comete um erro ao vivo. Em vez de fingir que nada aconteceu, ela começa a rir e acaba chamando mais atenção para o erro do que se tivesse continuado o show.

Também me inspirei no Kamiya Hiroshi, o seiyuu (dublador) mais popular do Japão. É a voz do Izaya (Durarara!!), Levi (Shingeki no Kyojin) e Akashi (Kuroko no Basket), por exemplo. Eu sempre imaginei o Brownie dublado por ele, o que acabou influenciando a sua personalidade debochada.

5 – The Kelpie and the Girl

the-kelpiePor último, a influência mais importante. No início de sua concepção, minha história foi fortemente inspirada pelo conto The Kelpie and the Girl, de Heather McNeil que, por sua vez, se inspirou no conto tradicional Morag and the Kelpie. O livro de contos da Heather McNeil (The Celtic Breeze: Stories of the Otherworld from Scotland, Ireland and Wales) foi a primeira coisa que eu comprei com o meu próprio dinheiro, quando recebi a minha primeira bolsa de monitoria em uma disciplina da USP, e por isso também me é muito especial. Ele vem com canções e ilustrações belíssimas, e recomendo fortemente a quem gosta do assunto.

o-segredo-de-kelpieJá disponível, envios imediatos. Utilize os botões abaixo para adquirir com frete incluso para todo o Brasil. Boleto e cartão (PagSeguro) e cartão de crédito (PayPal).

Paypal | PagSeguro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *