[Top 5] A Ilha dos Ossos, por Ana Lúcia Merege
maio 20, 2014
“O Rei Amarelo” – Quadrinhos – Guia para submissão de trabalhos
maio 29, 2014

“Monstros Gigantes – Kaiju” – Coletânea – Guia para submissão de contos

godzilla

Godzilla

Improváveis aliados, terríveis forças da natureza, implacáveis inimigos, filhotes da bomba atômica, criaturas vindas das profundezas e de outras dimensões…

Esses são os monstros gigantes, ou kaijus, palavra japonesa que significa “monstro” ou “estranha fera”, e sua variação, daikaijus, “monstros gigantes”. Grandalhões que nasceram na cultura pop japonesa, cujo principal astro ainda é – e sempre será – Godzilla, que completou 60 anos e ressurgiu nas telonas dos cinemas. O grande lagarto radioativo foi criado como uma metáfora da força da natureza, algo indomável, indestrutível, uma revanche contra a irresponsabilidade humana, mensagem que refletia a realidade japonesa após a devastação nuclear da Segunda Guerra Mundial. Mesmo com a sua origem filosófica, Godzilla se tornaria o maior representante dos destruidores monstros gigantes e a sua fama povoaria o imaginário de apreciadores por todo o mundo. Os fãs deverão se lembrar de Gamera, Mothra ou Rodan, além de outras criaturas, que passaram no Brasil muito ocasionalmente na televisão.

E foi principalmente com a TV que tivemos os primeiros contatos com esse legado, pois quem assistia a séries japonesas como Ultraman, Spectreman ou Changeman sabe que o clímax de cada episódio era sempre um duelo catastrófico entre heróis e monstros gigantes. Para não deixar de falar dos mais recentes, os gigantes também são o foco em obras como Neon Genesis Evangelion e o recente fenômeno dos mangás e anime Shingeki no Kyojin (Ataque dos Titãs).

No ocidente, as homenagens aos kaijus renderam filmes de arrancar o fôlego como Pacific Rim (Círculo de Fogo) e Cloverfield, que dividiu opiniões.

pacific

Pacific Rim

A Draco respira cultura pop e queremos que os kaijus invadam as páginas da literatura e, por isso, convocamos os autores brasileiros e lusófonos para a coletânea “Monstros Gigantes – Kaiju”. Como você imaginaria uma invasão dessas criaturas terríveis? Aliados ou inimigos, não há como saber. Mas o que sempre vamos procurar são histórias bem escritas e dentro do tema e dos limites de tamanho especificados (vejam abaixo).

Lagartos gigantes transformados pela radiação, deusas-mariposas colossais, tartarugas que viajam pelo espaço, pterodáctilos de um tempo perdido: a lista de inspiração é grande. Pode ser um relato da destruição, dos sobreviventes (ou não), ou até uma investigação sobre o que faz estas criaturas se voltarem contra nós e nossas metrópoles. Ou talvez não seja nada disso, talvez você venha com algo que até nos surpreenda: afinal, kaiju é uma estranha criatura.

Sobreviva ao ataque e reconte essa história!

Attack-on-Titan

Shingeki no Kyojin

Resumo

Antologia: Monstros Gigantes – Kaiju.

Organizadores: Daniel Russell Ribas e Luiz Felipe Vasques.

Conteúdo: Histórias de qualquer subgênero da ficção científica, da fantasia, do horror e gêneros correlatos, que possuam kaijus como personagens principais ou como elementos importantes. Como praxe em todas as coletâneas da Draco, não serão aceitos textos com referências excessivas a obras com direitos protegidos, ao ponto de poder ser caracterizado como fanfic. Nomes de personagens, ambientes, tudo isso entra nesse escopo e deve ser evitado. A ideia é se inspirar pelas obras já existentes para construirmos conteúdo próprio e com visões diferentes para o tema sugerido.

Formato da submissão: Arquivo .rtf ou .doc com negritos e itálicos aplicados.

Limites: 20 a 30 mil toques, com espaços inclusos.

Remessa para: [email protected] + [email protected], com cópia de segurança para [email protected] com o título do e-mail “[MONSTROS GIGANTES] Nome do Conto – Nome do autor”.

Deadline: 20 de Outubro de 2014.

Divulgação dos participantes: 19 de dezembro de 2014.

Link para referências ao tema: http://en.wikipedia.org/wiki/Kaiju.

Contrato e pagamento de direitos autorais: Como todas as coletâneas da Editora Draco, não há cobrança nem obrigação de aquisição de exemplares aos autores. Os autores têm sempre desconto de 40% para adquirir exemplares e revendê-los, caso queiram. Além disso, a porcentagem de 15% do faturamento das vendas será dividida entre os autores e organizadores como forma de remuneração.

0 Comments

  1. Henrique Queluz disse:

    A seleção está em aberto ainda?

  2. Daniel Folador Rossi disse:

    Olá,

    Já temos algum retorno sobre a lista de participantes?

  3. Patrícia Vahl disse:

    Bom Dia!
    O resultado da Seleção já foi divulgado?
    Não encontrei nada a respeito no blog.
    Agradeço a atenção.

  4. Danilo disse:

    E a divulgação dos participantes?

  5. José Vinícius disse:

    Olá, gostaria de saber onde foi liberado os participantes dos contos.

  6. NOELI disse:

    Quando será publicado o resultado?

  7. Renato Gondim disse:

    Oi! O resultado ainda sai hoje?

  8. Diego Fonseca Ferreira disse:

    Tudo certo?
    Quando vai sair o resultado? 19Dezembro a partir das 24:00 ou um horário especifico do dia 19.
    Obrigado

  9. Frederic disse:

    Me dei mal, só descobri o concurso agora. Vai haver alguma continuação em 2015?

  10. Francisco Silva disse:

    no caso do horário de verão, eu mandei meu conto ás 11 horas do dia 20, mas aí na sua região por causa do horário de verão já eram 12, será aceito para participar? estou preocupado com isso.

  11. Camila disse:

    Que pena, só vi o concurso quando faltava um dia para o encerramento. =/
    De qualquer forma, parece que vai ser uma coleção de contos muito boa, o tema é ótimo!!! =)

  12. barbara soares disse:

    O nome do autor deve estar no documento doc.? Eh necessaria capa com titulo ou pode estar na mesma pagina em que começa o conto? Obrigada!

  13. Alisson disse:

    Oi, quais seriam as informações, se é que são necessárias, que o autor precisa enviar sobre si mesmo por e-mail, por favor?

    Grato.

    • Luiz Felipe Vasques disse:

      Alisson, por enquanto mande algo como:

      Subject: [MONSTROS GIGANTES – KAIJU]

      No corpo da mensagem, diga apenas quem é. Por enquanto, nos basta.

      Abraços!

  14. Alisson disse:

    Oi, quais são os dados que o autor precisa enviar sobre si no e-mail, por favor?

  15. Irine C. Syrogiannis disse:

    Prezados.

    Considerando que Shingeki no Kyojin é considerada uma hora que se encaixa na “categoria” Kaiju, estou certa em deduzir que histórias relacionadas a seres gregos como Titãs, Ciclopes ou Hecatônquiros são válidas nesta antologia?

    Atenciosamente,
    Irine C. Syrogiannis.

    • Luiz Felipe Vasques disse:

      Olá, Irene!

      Não há restrições a panteão clássico ou cultura quando o assunto são nossos Monstros Gigantes!

      Boas escritas,
      Felipe

  16. Aya disse:

    Olá! Vocês têm um público-alvo específico em mente? Especialmente em relação à idade? Queria saber se eu não deveria maneirar no teor psicológico, para não ficar muito pesado para o gosto de leitores mais jovens.

  17. Lucas Ferraz disse:

    Boa tarde!
    Estou com ideia de conto sfi-ci mas com teor meio humorístico.
    Se encaixa no esperado?

    Obrigado!

  18. Lucas Cioni disse:

    Em relação as referências: no conto que estou escrevendo, onde o personagem principal possui um diário, mostro muito de seus gostos. Não uso nada demais, mas frases em formas de pensamentos do protagonistas de alguns filmes e livros que ele gosta. Além disso, cito o nome de músicas que ele costuma ouvir. A intenção é mostrar parte da personalidade do personagem através disso, tentando fazer com que algumas pessoas se identifiquem com ele. É um problema?

    Agradeço desde já, abraço!

  19. K. M. disse:

    Oi,
    Tenho interesse em remeter um conto, mas tenho 2 perguntas:
    1- Tem uma previsão de data de publicação e de tiragem?
    2- Como fica a questão dos direitos do conto (pois eu tenho vontade de expandi-lo e dar uma continuidade)?
    Grato.

  20. Ana disse:

    Caros editores,

    Da última vez que eu li a respeito desta coletânea o tamanho do conto estava limitado em 8,000 palavras. Juro. Me enganei? Parece que mudaram também a data final (não era 14/09?). Li a antologia errada? Eu realmente estava contando com 8,000 palavras.

    Beijos,
    Ana.

    • Ana disse:

      Desculpem, desculpem, desculpem. A de 8,000 palavras é a de samurais e ninjas.

      Ai, me estrapolei.

      Vou tentar reduzir, mas acho que não vai dar. Bem, pelo menos terei escrito um conto. Qualquer coisa, coloco no Wattpad. Provavelmente vocês não terão tempo de ler, mas sejam benvindos.

      Ana.

  21. Vitor disse:

    É possível enviar o material impresso ou é obrigatório o envio por email?

  22. André disse:

    20 mil caracteres é o número mínimo ou vocês aceitam contos menores?

  23. Igor disse:

    Oi, bom dia(ou tarde, ou noite).
    Eu não entendo muito sobre a publicação de livros, então fiquei com uma dúvida.
    Depois de enviar um texto, basta esperar até o dia do prazo de divulgação, ou tem que pagar alguma taxa para publicação ou algo assim?
    Obrigado a quem responder.

  24. Noeli disse:

    Há alguma premiação?

  25. MArcos disse:

    Olá, o conto pode ser dividido em capítulos?

  26. charles disse:

    Oi, são permitidos palavrões para por exemplo caracterizar o dialogo das personagens?

  27. Ricardo Michilizzi disse:

    Olá, eu já escrevi o conto e tenho uma dúvida cruel: apesar da obrigação em definir a quantidade de caracteres (a minha história teve alguma coisa a mais do pedido e, mesmo com uma poda, não consegui diminuí-la), posso enviá-lo mesmo assim ou não terei a mesma oportunidade que os outros participantes por conta desse impasse?

    Valeu!

  28. Ricardo disse:

    Ei.

    Não responderam se o kaijui pode ser um dragão. Pode?

    Abraços.

  29. Evelyn Postali disse:

    Pode ilustrar?

  30. Rafael disse:

    Boa noite!

    A história deve se passar obrigatoriamente no planeta Terra ou pode ser em outro lugar? Estou trabalhando em uma história ambientada em outros mundos, ficção científica, onde aparecem essas criaturas gigantes, mas como personagens secundários sendo obstáculos a um objetivo. Mas elas estão lá. Pode?

    Aguardo retorno e agradeço pela atenção recebida.

  31. R disse:

    ick,

    O kaiju pode ser um dragão? Não sei se pode ter algum problema com o tema da Contos do Dragão (que não encontrei aqui no blog o que é).

  32. Rodrigo disse:

    Pessoal,

    Vocês disseram nos comentários que esperam que os contos tenham entre 20 a 30 mil toques. Mas isso é obrigatório? O conto, caso não esteja dentro dessa “margem” de tamanho, será desclassificado ou preterido de alguma maneira?

    Abraços!

    • Erick Santos Cardoso disse:

      Sim, será desclassificado, infelizmente, porque a antologia tem um espaço e número de páginas pensados que deverão ser respeitados. É por isso que trabalhamos com limites. Mas para a Contos do Dragão não há limites, pois a publicação é em e-book. Abraços!

  33. Duvidoso disse:

    Pergunta boba, mas lá vai:

    Sobre recuo no início de parágrafos. É melhor já inserir ou (se for escolhido) deixar para adicioná-lo posteriormente com o software de edição de vocês?

  34. Luiz Henrique disse:

    Boa tarde, nos dados sobre o concurso, no quesito “formato da submissão” eu fiquei perdido na parte de negritos e itálicos aplicados. Como assim? Quer dizer que eles podem ser usados normalmente?
    E os dados do autor estarão apenas no e-mail e não no arquivo .doc?
    Obrigado

    • Erick Santos Cardoso disse:

      Isso mesmo, Luiz Henrique. Seu texto deve vir formatado já com negritos e itálicos marcados.
      E os dados do autor devem estar no e-mail.
      Abraços!

  35. Joel Puga disse:

    Olá,

    Até que ponto têm os Kaiju que aparecer na história? Não estou a pensar fazê-los personagens secundárias, mas queria focar-me mais nas pessoas que os combatem.

    Obrigado.

    Joel Puga

  36. E. Rocha disse:

    Olá, gostaria de saber se a história pode ser feita por dois autores…

  37. Diego Carvalho disse:

    Desculpe postar consecutivamente (e pelo erro de digitação acima), mas eu gostaria de mais uma informação: pode-se fazer referência sobre uma obra já escrita, porém ainda não publicada? A pergunta soa estranha, mas eu queria confirmar isso devido ao fato de eu ter escrito um livro do qual eu poderia tirar uma base que justificaria as criaturas das histórias que eu enviaria. Obrigado novamente.

    • Erick Santos Cardoso disse:

      Oi Diego. Então, isso pode ficar confuso para o leitor que não conhece o seu trabalho. Assim, talvez seja melhor pensar em um conteúdo original e sem referências.

      Abraços!

  38. Diego Carvalho disse:

    Boa noite, gostaria de saber se há algum limite de contos que podems ser enviados. Aguardo o resposta, obrigado.

  39. Cryn Liker disse:

    Oii, eu queria saber, se tem algum tipo de letra obrigativa?
    E se eu poderia colocar o meu Pseudônimo no lugar do meu nome verdadeiro?
    Claro que irei mandar meu nome verdadeiro, mas queria assinar o meu nome de escritora, espero a resposta de vocês.

  40. Davi Paiva disse:

    Vocês dão preferência a algum tipo de fonte específica ou podemos usar Arial/Times?

  41. Charles William Kruger disse:

    O termo japonês “Gattai” é muito popular em séries da franquia Super Sentai. No entanto, independentemente disso, é uma palavra japonesa como qualquer outra.
    É recomendado evitar seu uso ou não?

    Desde já agradeço.

  42. Rennan Sarmento disse:

    Olá. Eu não entendi o que foi exposto na proposta de limite com a palavra “toques”. Isso é relacionado a quê? Páginas? Linhas? Qual o número máximo de páginas?

    Agradeceria se pudessem me auxiliar. Obrigado!!

  43. Igor Feijó disse:

    Olá, existe alguma regra sobre o espaçamento entre linhas?

  44. Kherryna Bunyip disse:

    Só mais uma coisa que esqueci de perguntar.
    ” 20 a 30 mil toques, com espaços inclusos.” Isso é o máximo, ou o mínimo aceito?

  45. Kherryna Bunyip disse:

    Olá!
    Pode enviar mais de uma história?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *