Draco na HorrorCon 2017
agosto 22, 2017
Como escrevi “O Último Desejo” – Coletânea Magos, por Charles William Krüger
agosto 23, 2017

Desvende O Segredo do Kelpie, de Aya Imaeda

cavalopretoOs kelpies são criaturas do folclore escocês famosas por aparecerem como belos cavalos negros que ludibriam viajantes e os levam para dentro do rio. Suas vítimas são afogadas e devoradas, deixando apenas o fígado para trás (ou coração, dependendo da versão que você encontrar).

Há também histórias de kelpies que adquirem forma humana e sequestram garotas bonitas para tomá-las como esposas. Nesses casos, sua verdadeira natureza é denunciada pela presença de algas presas aos seus cabelos negros.

Enquanto eu pesquisava sobre esses faeries do rio, uma lenda em especial, descrita na Wikipédia em poucas linhas, chamou a minha atenção. Era sobre um kelpie que tenta sequestrar uma esperta garota humana, mas acaba preso a ela por um contrato de trabalho. Além de ser uma premissa um tanto quanto divertida, gostei de como a garota tomou o próprio destino em suas mãos, algo muito raro em lendas e contos de fadas, que sempre têm a mocinha bonita como um prêmio ou uma vítima passiva.

Eu gostava de pensar nela como a Humana Esperta. Afinal, chamá-la de Humana Mediana implicaria que eu fosse o Kelpie Burro. Ainda mal acreditava que a havia deixado me enganar.

Anos atrás, decidi que, um dia, eu iria contar essa história do meu jeito, e pelo ponto de vista do próprio kelpie que se vê metido na maior enrascada. A maior influência para a minha versão foi o conto The Kelpie and the Girl, de Heather McNeil que, por sua vez, se inspirou no conto tradicional Morag and the Kelpie. Acho que tem algo de muito mágico nisso tudo, sabe? Cada uma se apaixonando pela lenda do kelpie e a recontando à sua própria maneira, transformando-a em uma nova história.

Daquele momento em diante, entretanto, a Aileen começou a demonstrar mais interesse pelo mundo dos faeries. De vez em quando, pedia que eu lhe contasse histórias (…).

 

Porém, talvez eu estivesse sendo um pouco desonesto. Afinal, evitei as histórias de encontros entre faeries e humanos que, em sua maioria, não tinham finais felizes.

Adorei escrever sobre o Kelpie, cuja personalidade se tornou mais peculiar do que eu esperava, e também sobre os faeries e humanos que habitam esse mundo. Foi um longo caminho desde a ideia inicial até aqui, e espero que a jornada do faery do rio e da esperta garota humana encante os leitores d’O Segredo do Kelpie tanto quanto os faeries e suas histórias me encantaram.

o-segredo-de-kelpieJá disponível, envios imediatos. Utilize os botões abaixo para adquirir com frete incluso para todo o Brasil. Boleto e cartão (PagSeguro) e cartão de crédito (PayPal).

Paypal | PagSeguro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *