O Rubicão do romance Aventuras do Vampiro de Palmares, por Gerson Lodi-Ribeiro
abril 17, 2014
Infectamos o Brasil! – Por Tiago Toy
abril 28, 2014

Costumes de Atlântida: astrologia e estrelas-guia, por Antonio Luiz M. C. Costa

No mundo de Crônicas de Atlântida, assim como no nosso, muitas pessoas acreditam em astrologia. Mas por lá fazem bem em acreditar, pois no mundo mágico de Kishar essa ciência oculta de fato funciona. Os primeiros a estudá-la com profundidade foram os caris, cujo império desapareceu 373 anos antes da época de Crônicas de Atlântica: O Tabuleiro dos Deuses, mas foi avançado o suficiente para construir telescópios, observar planetas invisíveis a olho nu e analisar cuidadosamente sua influência. Outras civilizações, inclusive Atlântida, continuaram e aperfeiçoaram suas observações.

As descobertas e recomendações dos astrônomos-astrólogos caris se tornaram uma obsessão para seu povo. Seus principais deuses são associados a influências astrais e seu deus supremo, Anshar, é o senhor das influências astrais estudadas pelos adivinhos, seus magos mais valorizados. São consultados literalmente do berço à tumba: designam a cada criança sua divindade tutelar conforme a data, o lugar e a hora do nascimento e a cada moribundo o melhor momento para morrer, receber as homenagens fúnebres e ser enterrado.

Todo cari presta um culto especial à sua divindade tutelar, usa as cores e amuletos apropriados e possui almanaques relativos que, produzidos pelos respectivos sacerdotes com orientação dos astrólogos, indicam os dias e horas apropriadas para orações, pedidos, sacrifícios e agradecimentos à sua divindade e para diferentes tipos de iniciativas mundanas, incluindo cortes de cabelo, conquistas amorosas e consultas médicas. Os próprios livros são produzidos anualmente sob condições astrais especiais e considerados como talismãs. Quando há escolha, profissões e pretendentes são também submetidos a análise astrológica.

Já os atlantes têm um interesse menos obsessivo pelo tema. Veem os astros como apenas uma entre muitas influências mágicas capazes de influenciar a vida e só consultam astrólogos em ocasiões especiais, salvo quando são magos ou operadores de tecnomagia cujas atividades são especialmente sensíveis às condições astrais. Para o piloto de uma máquina voadora, por exemplo, ajustar seu equipamento às influências planetárias é tão importante quanto é para um capitão de navio ajustar as velas à direção do vento.

Enquanto na astrologia da Terra geralmente se considera como fator mais importante da personalidade o signo solar, quer dizer, a seção da eclíptica na qual se encontrava o Sol no momento do nascimento, para a astrologia cari o fundamental é a estrela-guia, o primeiro astro a passar pelo ascendente (ou seja, a nascer no leste) após o nascimento.

Cada um dos regentes é associado a uma cor, pedra, animal, nota musical e número aos quais se atribui afinidade, além de uma função ou papel social e um caráter ou temperamento. As funções são de iniciador (quem toma as iniciativas e faz acontecer), lutador (quem enfrenta e compete), coordenador (quem planeja e organiza) e zelador (quem cuida e mantém). As índoles são lógica (valoriza a verdade e a razão), ética (valoriza o dever e a honra), prática (valoriza a riqueza e a segurança) e estética (valoriza o prazer e a beleza). O quadro abaixo sumariza essas associações:

Quadro sinóptico

quadro_sinoptico

Eis um breve resumo dos traços característicos dos tutelados de cada astro regente cari, acompanhados de exemplos entre personagens de Crônicas de Atlântica: O Tabuleiro dos Deuses (TdD) e Crônicas de Atlântica: O Olho de Agarta (OdA). Para mais detalhes, basta seguir o link ligado ao nome, online casino que remete ao verbete respectivo sobre o astro e as características de seus protegidos.

shapashShapash (o “sol” ou estrela central do sistema): orientado primeiro pelo pensamento, depois pela percepção, extrovertido, diretor. Prático, realista, objetivo, com uma Slot Machines tendência natural para negócios ou mecânica. Não se interessa pelo que não parece ter utilidade. Gosta de organizar e tocar atividades.

Exemplos: Jariô (TdD) e Khiduzel (OdA).

ninibNinib: orientado primeiro pelo pensamento, depois pela percepção, introvertido, inspetor. Observador frio, quieto, reservado e analítico. Interessado em princípios impessoais, em como e por que os mecanismos funcionam. Tem lampejos de humor original.

Exemplos: Sethre (TdD) e Parusya (OdA).

erakalErakal: orientado primeiro pelo pensamento, depois pela intuição, extrovertido, pioneiro. Leal, franco, decidido e líder. Bom em tudo que requer argumentação e conversa inteligente. Mostra-se muito confiante e afirmativo, mesmo sem ter conhecimento e experiência suficientes.

Exemplos: Artás (TdD) e Lúsia (OdA).

 

kurgalKurgal: orientado primeiro pelo pensamento, depois pela intuição, introvertido, estrategista. Quieto, controlado, impessoal. Gosta de assuntos teóricos e científicos. Mais interessado em ideias, pouco gosto para festas e conversa fiada. Interesses muito bem definidos.

Exemplos: Kasmin (TdD) e Viduraviriya (OdA).

 

rimmonRimmon: orientado primeiro pela percepção, depois pelo pensamento, extrovertido, conquistador. Objetivo, não se preocupa nem se apressa, gosta das coisas do jeito que são. Pode ser rude ou insensível. Melhor com coisas reais que podem ser montadas e desmontadas.

Exemplos: Odu Arpá (TdD) e Iravan (OdA).

nikkalNikkal (a lua vermelha): orientado primeiro pela percepção, depois pelo pensamento, introvertido, artesão. Sério, quieto, consegue sucesso através da concentração e meticulosidade. Prático, ordeiro, objetivo, lógico, realista e confiável. Aceita responsabilidades.

Exemplos: Xizzin (TdD) e Gnenwhao (OdA).

nintuNintu: orientado primeiro pela percepção, depois pelo sentimento, extrovertido, negociador. Sociável, calmo, tolerante, amigável, sua alegria torna as coisas mais divertidas para os outros. Gosta de praticar esportes e fazer coisas à casino mão. Acha mais fácil se lembrar de fatos do que dominar teorias.

Exemplos: Ahatsunu (TdD) e Madhavi (OdA).

babaBaba: orientado Now you can get up close and personal with top-tier casino s in Las Vegas, Atlantic City, London, Macau and others. primeiro pela percepção, depois pelo sentimento, introvertido, conciliador. Quieto, amigável, responsável e consciencioso. Trabalha com devoção para cumprir suas obrigações. Meticuloso, detalhista e preciso. Leal e considerado.

Exemplos: Tjurmyen (TdD) e Vasu (OdA).

 

hegalHegal: orientado primeiro pela intuição, depois pelo pensamento, extrovertido, improvisador. Rápido, engenhoso, bom em muitas coisas. Pode defender ambos os lados de uma questão para se divertir. Talentoso para resolver problemas desafiantes, mas negligente com tarefas de rotina.

Exemplos: Razzan (TdD) e Tjeypin (OdA)

ansharAnshar: orientado primeiro pela intuição, depois pelo pensamento, introvertido, planejador. Tem uma mente original e muita iniciativa para realizar suas próprias idéias e propósitos. Cético, crítico, independente, determinado e teimoso.

Exemplos: Sistu (TdD) e Tshengxhy (OdA).

 

uannaUanna: orientado primeiro pela intuição, depois pelo sentimento, extrovertido, habilidoso. Calorosamente entusiasta, bem-humorado, engenhoso e imaginativo. Capaz de fazer tudo que lhe interesse. Rápido com uma solução e para ajudar num problema.

Exemplos: Tiakat (TdD) e Tuman (OdA).

araliArali: orientado primeiro pela intuição, depois pelo sentimento, introvertido, romântico. Tem sucesso pela perseverança, originalidade e vontade de fazer o que for necessário ou desejado. Silenciosamente forte, consciente, preocupado com os outros, bom conselheiro. Respeitado por seus princípios firmes.

Exemplos: Kopinani (TdD) e Hoengseng (TdD).

belitBelit: orientado primeiro pelo sentimento, depois pela percepção, extrovertido, entusiasta. Afetuoso, falador, popular, consciencioso e cooperativo. Precisa de harmonia. Trabalha melhor se encorajado. Sem paciência para pensamento abstrato e assuntos técnicos.

Exemplos: Beletsunu (TdD) e Tila (OdA).

tirsbanTsirban: orientado primeiro pelo sentimento, depois pela percepção, introvertido, protetor. Reservado, silenciosamente amigável, sensível, simpático, modesto sobre suas habilidades. Foge dos desentendimentos. Seguidor fiel. Consegue, com calma, que as coisas sejam feitas.

Exemplos: Tjaokun (TdD) e Ladali (OdA).

 

muatiMuati: orientado primeiro pelo sentimento, depois pela intuição, extrovertido, ator. Compreensivo e responsável. Preocupa-se seriamente com o que os outros pensam ou querem. Sociável, popular. Sensível a elogios e críticas.

Exemplos: Moam (TdD) e Kimpar (OdA).

 

entsuEntsu (a lua branca): orientado primeiro pelo sentimento, depois pela intuição, introvertido, compassivo. Ocupa-se com estudo, ideias, linguagem e seus próprios projetos independentes. Toma responsabilidades excessivas, mas consegue cumpri-las. Amigável, mas sempre ocupado demais.

Exemplos: Awesa (TdD) e Haashilu (OdA).

Os antigos caris, assim como os atlantes, sabiam perfeitamente que seu mundo também é um planeta, mas não o veem como um astro regente, porque ela é o próprio ascendente. Diz o ditado cari que Kishar, a Terra-Mãe, é imparcial em relação a todos os seus filhos e não favorece nem desfavorece a ninguém.

Veja os outros posts sobre “Os povos do mundo de Kishar”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *