Guia de sexo terrestre para a alienígena solteira
setembro 27, 2011
"Dragões" – 2012 é o ano do Dragão
novembro 3, 2011

Clube de Leitores de Ficção Científica e Editora Draco lançarão a coletânea "Brasil Fantástico"

Desde os tempos de José de Anchieta, no século XV, as lenda se mitologias do Brasil vem despertando curiosidade e interesse. Seres como o Curupira, o Saci, o Boi-Tatá, o Capelobo, a Cobra Grande e muitos outros parecem ter inspirações das mais diversas.

Embora o trabalho de Monteiro Lobato em sua série, O Sítio do Pica-Pau Amarelo tenha contribuído para preservar e divulgar essa mitologia brasileira,a exploração desses mitos por outros autores e gêneros, como o terror, ainda é tímida no Brasil, se compararmos ao grande volume de histórias que americanos, europeus e asiáticos fazem de suas próprias lendas e mitologias.

O potencial dos seres fantásticos brasileiros é inegável paragerar obras de qualidade e apelo popular e as experiências recentes de autores como Roberto Causo, André Vianco e Christopher Kastensmidt tem conseguidoreconhecimento de público e crítica inclusive fora do Brasil.

O preconceito no passado por obras que adotaram essa proposta é perfeitamente compreensível dentro de uma lógica de mercado um pouco explorado.Vamos lembrar que há apenas 20 anos cinema nacional era considerado reduto de Trapalhões e pornochanchada.

Assim, partindo do pressuposto que a função de um Clube de Leitores é abrir espaço para inovações literárias e formar novos leitores, estamos abrindo inscrições para a Coletânea Brasil Fantástico em parceria com a Editora Draco.
A comissão organizadora será formada por Clinton DavissonGrazielle de Marco.

Os interessados em se inscrever devem mandar seus contos para coletaneabrasilfantastico@gmail.com com cópia de segurança para fafia7@gmail.com .

A submissão deve ser mandada somente em versão eletrônica, formato rich textfile (.RTF).

Os participantes devem se inscrever com pseudônimo para mantera imparcialidade do julgamento.

Nossa deadline é 31 de março de 2012, uma vez que o objetivo primário é lançar a coletânea no Fantasticon 2012, no início do segundo semestre do ano que vem.

Confirmaremos a recepção de cada trabalho submetido. Em caso de dúvida, não hesite em nos contatar.

Fixamos os limites das submissões entre 4.000 e 10.000 palavras. Isto não quer dizer, em absoluto, que submissões fora deste intervalo serão sumariamente rejeitadas. Se o trabalho submetido possuir qualidade literária e se enquadrar na temática proposta, essa qualidade pesará muito em nossa apreciação, ainda que o texto seja menor ou maior do que o limite proposto. No entanto, cumpre esclarecer de antemão que olharemos com mais simpatia trabalhos dentro do intervalo citado.

Os contos terão que se passar no Brasil em qualquer época ou talvez em alguma colônia espacial habitada por brasileiros, ou mesmo em algum lugar que tenha uma referência mínima de nossa pátria amada (Portugal é bem aceitável); terá que conter algum elemento ou elementos da mitologia nacional e, claro, algum elemento de fantasia e/ou, ficção científica e/ou terror.
Mitologias que não são de origem nacional, mas tiveram repercussão notável no Brasil como A Loira do Banheiro, o Chupa-Cabras ou a Cuca, serão considerados.

Se julgar necessário discutir determinada trama ou certalinha de enredo conosco, sinta-se à vontade.

Clinton Davisson
Presidente do Clube de
Leitores de Ficção Científica

Erick Sama
Editor da Editora Draco
Outubro/2011

0 Comentários

  1. José Bonifácio disse:

    Prezados;

    Meu nome é JOSÉ BONIFÁCIO SANTOS, sou brasileiro, nascido na Bahia, e autor da Série De Ficção Científica: O CAPACETE CIBERNÉTICO DA Dra. CANON.

    Como de facto sou, um escritor iniciante:

    Gostaria de humildemente solicitar, que membros desse conceituado clube de leitura, pudessem avaliar: se possuo algum talento.

    Segue abaixo, apenas a sinopse do primeiro de minha Série De Ficção Científica, digna de sua inteligência, para ser avaliada:

    O CAPACETE CIBERNÉTICO DA Dra. CANON

    Autor: José Bonifácio Santos

    Ficção Científica

    SINOPSE

    Através desta magnífica obra de ficção científica, o autor que se diz extremamente futurista, prova que realmente é, quando através da personagem Dra. Canon: idealiza a invenção de dois CAPACETES CIBERNÉTICOS, sendo um TRANSMISSOR e outro RECEPTOR, capazes de tornar possível, a transferência de conhecimentos intelectuais de um cérebro humano para outro cérebro humano: através de downloads.

    Em parceria com Dr. JUNOSHYRO TOSHIB, engenheiro na área de computação e Dr. JOSÉ MEYER, um famoso neurocientista brasileiro: Dra. CANON, consegue fabricar O CAPACETE CIBERNÉTICO, que logo ganha o merecido título: DE MAIOR INVENÇÃO DE TODOS OS TEMPOS.

    Após sucessivos testes com grande sucesso, Dra. Canon, tem a brilhante ideia, de transferir conhecimentos contidos nos cérebros de todos os grandes cientistas do mundo: para um único cérebro humano.

    O escolhido Eugênio Filho, nascido no Brasil: após receber os conhecimentos de todos os cientistas do mundo em seu cérebro, torna-se o MEGA-MEMÓRIA, o MEGA-MEM: o homem mais inteligente e poderoso do planeta.

    MEGA-MEM, após ter seu cérebro turbinado de conhecimentos científicos e intelectuais, torna-se um poderoso Super-Humano, destitui todos os governantes do planeta Terra: e assume como governante único.

    Através do seu inteligentíssimo governo, a humanidade passa a conhecer avançadas tecnologias, tem todos os seus problemas resolvidos, chegando até mesmo a conquistar: a tão sonhada imortalidade.

    Tudo isso contado através de uma narrativa inteligente, moderna: e bem-humorada.

    Este é o primeiro de uma série extremamente futurista, digna de sua inteligência, e também de grandes diretores: de CINEMA e TV.

    O primeiro dessa inteligentíssima série, juntamente com outros: encontram-se postados para leitura gratuita, no meu blog:

    http://www.escritorbaiano.blogspot.com

    Dei-me a honra: de sua indispensável avaliação.

    Após agradável leitura, tendo certeza que tu gostarás muitíssimo: conhecendo algum desenhista de revistas em quadrinhos, ou genialíssimos cineastas: recomende a série.

    Conhecendo também, conceituadas editoras: gentileza apresentar-me.

    No aguardo de seu importantíssimo retorno e considerações: desde já agradeço.

    Atenciosamente;

    José Bonifácio Santos.

    josebonifacioboni@yahoo.com.br.

  2. Dayan Ramon disse:

    Estou participando e gostaria de saber quando sai a resposta dos vencedores da antologia.

  3. Chico pascoal disse:

    E quando sai o resultado?

    abraço

  4. Nilton Braga disse:

    Oi pessoal!

    O resultado jah foi divulgado? Se ainda nao, sera feito aqui nesse mesmo post?

    Obrigado.

  5. Luisa Lima disse:

    Ah, recebi o meu!

    Obrigada!
    Abs

  6. Luisa Lima disse:

    Olá. É uma ideia ótima!

    Gostaria de saber se vocês enviam algum e-mail-resposta informando que receberam o conto submetido.

    Abs

  7. Norberto da Silva disse:

    Vou mandar um conto sobre o Homem do Saco… Acho que vale né?

  8. Sol disse:

    Posso escrever um conto sobre índios (do Brasil)?
    O prazo terá prorrogação?

  9. Priscila Louredo disse:

    O nome do arquivo é somente o pseudonimo, ou o nome do conto?

  10. […] Brasil fantástico,  Clinton Davisson, Hugo Vera, Daniel Borba e Romeu Martins (org.), Draco. Até dia 31/3. […]

  11. etrerre disse:

    gostaria de saber qual o premio?

  12. José Mário disse:

    O conto deve ser inédito na internet ou posso tê-lo já publicado em um blog ?

  13. O resultado dos contos selecionados sai quando?

  14. […] Brasil fantástico,  Clinton Davisson, Hugo Vera, Daniel Borba e Romeu Martins (org.), Draco. Até dia 31/3. […]

  15. […] Brasil fantástico,  Clinton Davisson, Hugo Vera, Daniel Borba e Romeu Martins (org.), Draco. Até dia 31/3. […]

  16. Alcântara disse:

    Me surgiu uma duvida,posso misturar mais de uma mitologia brasileira ?

  17. Alcântara disse:

    Gostei da proposta do coletânea com certeza eu vou participar

  18. […] Brasil fantástico,  Clinton Davisson, Hugo Vera, Daniel Borba e Romeu Martins (org.), Draco. Até dia 31/3. […]

  19. Fellipe disse:

    O pseudonimo pode ser qualquer nome?

  20. Estou escrevendo um conto que tem entre outras criaturas, elementos da mitologia africana (orixás, por exemplo). Embora tenha forte apelo popular, não é autocne. Tá valendo?

  21. Primeiramente quero dizer que estou animado para esta coletânea e dar parabéns pela iniciativa. Estou preparando um texto onde a história acontece em um universo baseado em dois contos que publiquei. Tal universo não cita o Brasil, mas o mesmo é habitado pelas criaturas de nosso folclore, sendo este ponto explicito em toda a história. Tal proposta se enquadra no regulamento? Obrigado.

  22. Marco Fischer disse:

    Uma dúvida. Posso ambientar meu conto em um universo próprio diretamente inspirado no Brasil? Algo como o Brasil em uma realidade alternativa? Ou o conto precisa obrigatoriamente se passar na Terra?

  23. juliana disse:

    Vale mitologia religiosa?

  24. […] Ficção científica, fantasia e folclore brasileiro Brasil Fantástico, Editora Draco Fonte: gsg | Foto: Divulgação […]

  25. Erick Santos Cardoso disse:

    O pseudônimo será usado apenas para o julgamento imparcial das obras.
    Pode mandar quantos contos quiser. O número de autores não está fechado, mas será até 8 ou 9 no total.

    Abraço!

  26. Indignado disse:

    esse link foi completamente abandonado, nenhuma dúvida foi sanada… Qual é, Draco! Vocês têm um nome a zelar. Afinal, é assim que os autores são tratados? Ou melhor, é assim que eles NÃO são tratados?

    • Erick Santos Cardoso disse:

      Olá, meu, amigo, me desculpe a demora.

      Quem fará o recebimento dos contos não será quem fará o julgamento. Todos os contos deverão ser enviados para editoradraco arroba gmail.com, assim repassaremos para os autores sem levar o e-mail dos autores em potencial. Não precisa, portanto, recriar um e-mail para isso.

      Para melhor formatação, favor enviar em RTF, formato Rich Text, compatível com Word e outros processadores de texto do mercado.

    • A culpa não é nem da Draco, mas minha. Eu fiquei de responder as dúvidas, mas não achei que fossem aparecer tão cedo.
      O fato é que a repercussão foi maior do que imaginamos inicialmente e isso está sendo uma surpresa super-positiva para nós.
      Pode deixar que estarei aqui sanando dúvidas ao menos uma vez por semana, ok?

  27. nilson recal disse:

    Também fiquei em dúvida com relação ao pseudônimo. Ele será usado na publicação também?
    posso enviar mais de um conto para participar da seleção?
    e quanto ao número de autores, quantas vagas há para a antologia?
    fico aguardando, ansioso! Quero fazer parte da família Draco ^^
    grande abraço!

  28. Pedro Almada disse:

    o pseudônimo será usado apenas para o julgamento, ou será usado também na publicação?
    E, quando confirmarem a recepção do texto, vocês irão avisar caso haja alguma irregularidade em relação às regras da coletânea?
    Gostei da proposta, precisamos mesmo incentivar o folclore brasileiro. Os vampiros já deram mais de si do que tinham que dar rsrs
    com certeza vou participar. Já tô queimando a massa cinzenta aqui rsrs

  29. x disse:

    quarto… posso mandar mais de um conto?

  30. x disse:

    Eu fiquei com dúvida em alguns pontos…
    Primeiro, esse formato de texto é encontrado em qual programa? Seria o word? (negação aqui em parafernalha tecnológica rsrs)
    segundo. Por mais que eu mande um texto com pseudônimo, o e-mail conterá o meu nome… Eu devo, então, criar um e-mail específico para isso?
    terceiro… Devo mandar algum outro dado além do meu pseudônimo e texto?

  31. Edi disse:

    Só para ver se eu entendi: É só eu enviar o conto para o(s) email(s) escrito(s) acima que eu estou participando? Qualquer pessoa? Sem limite de idade, ou qualquer outra coisa? E quanto ao envio de forma pseudônima, ainda posso utilizar meu e-mail normalmente certo? Só o nome que eu teria de criar/inventar ?

  32. Há algum limite de contos que podem ser enviados por autor, por mais que apenas um possa ser escolhido para a antologia?

  33. Bacanérrimo. Pena que é uma coletânea de CONTOS, se não meu romance teria espaço lá. Mas para mim isso não será um problema… Contem comigo…

  34. Carlos disse:

    Só uma dúvida quanto à mecânica da submissão: enviar um texto “sob pseudônimo” por e-mail não é exatamente fácil, já que o endereço do remetente denuncia o autor… Os organizadores poderiam indicar um anonimizador de e-mails aos interessados em participar.

  35. Mitologia brasileira são as que eu mais gosto. Câmara Cascudo está sempre na cabeceira da minha cama.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *