Na Mesa do Editor – Solarpunk e Brasil Fantástico
junho 26, 2013
Draco no Anime Friends – 10th Anniversary
julho 10, 2013

Brasil Fantástico chegou da gráfica, conheça as sinopses e mais sobre os autores

capa-brasilfantas-baixa

 

As criaturas da mitologia brasileira saem das histórias contadas de geração em geração para serem redescobertas na coletânea Brasil Fantástico – Lendas de um país sobrenatural. Desde os tempos do Descobrimento surgem seres como curupira, saci, boitatá, iara, boto, pisadeira e lobisomem. Estas são apenas amostras das influências de culturas imigrantes e nativas que permeiam o Brasil e formam a nossa cultura popular.

Monstros que assustaram crianças e adultos durante anos — e há ainda quem acredite na existência deles. Com os mais variados estilos e gêneros como o terror, suspense, aventura e humor, as páginas de Brasil Fantástico são o encontro da literatura contemporânea com esse legado da imaginação brasileira.

Para explorar essas regiões perigosas, os organizadores Clinton Davisson, Grazielle de Marco e Maria Georgina de Souza reuniram onze destemidos escritores, nove brasileiros, um português e um estadunidense, uma verdadeira seleção mundial: Allan Cutrim, A. Z. Cordenonsi, Andréia Kennen, Antônio Luiz M. C. Costa, Christopher Kastensmidt, João Rogaciano, Marcelo Jacinto Ribeiro, Maria Helena Bandeira, Mickael Menegheti, Renan Duarte e Vivian Ferreira. Com prefácio do autor best-seller André Vianco, esta coletânea é uma parceria da Editora Draco com o Clube de Leitores de Ficção Científica (CLFC). Redescubra esses seres que habitam a infância e o imaginário brasileiro de uma forma nunca vista antes.

seloBF

“A Copa dos Mitos” (Christopher Kastensmidt)

O jovem Tiago brinca inocentemente com os amigos com jogos de cartas de RPG. Mal sabia ele, que seria convidado para fazer parte da comissão técnica da Seleção Brasileira na Copa dos Mitos. Curupira, Anhangá, o Boi-tatá e até a Noiva de Branco enfrentarão Thor e Odin pelo time da seleção Norueguesa num jogo de vida e morte.

“O Filho da Mata” (Andréia Kennen)

Vinícius ainda cursava o ensino médio enquanto tentava descobrir sua vocação. Pretendia seguir o desejo do pai e talvez escolhesse ser veterinário. Mas recebe uma proposta inusitada do curupira, o filho da mata…

“A Mula do Cavaleiro Neerlandês” (A. Z. Cordenonsi)

O ano é 1829 e, na longínqua Província Rio-Grandense, Zé das Mulas, um escravo alforriado, ganha a vida no difícil comércio entre a Capital e as colônias que se estabelecem nas matas virgens das serras gaúchas. Mercador próspero, ele se vê hipnotizado pela beleza ímpar de uma imigrante recém-chegada à Vila de Holambra Sulista. No entanto, a vinda da bela moça e sua família é acompanhada por estranhos acontecimentos, que levam o pequeno vilarejo ao desespero. Um terrível segredo está por ser desvendado e uma lenda surgirá dos escombros fumegantes.

“A Sacola da Escolha” (Maria Helena Bandeira)

Narra a viagem fantástica de um índio ao mundo dos Encantados onde, além de conviver com Boiúnas, Botos, Curupiras e ser seduzido por belas guerreiras iacamiabas em cerimônia secreta, descobre um novo sentido para a vida. É um conto que mistura aventura, magia, erotismo e humor numa sacola onde cada um deve escolher o seu lugar. Ele não sairá impune desta jornada. Nem o leitor.

“A voz de Nhanderuvuçú” (Marcelo Jacinto Ribeiro)

Em um universo dieselpunk pós Segunda-Guerra Mundial, dois ingleses descobrem uma impressionante jazida de minérios. Mas nem com seu possante dirigível e seus autômatos a diesel, estarão preparados para o desafio que irão enfrentar no coração da floresta amazônica. A voz de Nhanderuvuçú soa, trazendo o terror e a morte para o homem branco!

“Amaldiçoado” (Allan Cutrim)

Um jovem precisa livrar as irmãs mais novas da maldição da pisadeira e também de um pai incestuoso. Para isso, ele precisa roubar um livro no cemitério protegido por uma criatura horrenda chamada de Corpo Seco e depois enfrentar a sua própria maldição.

“Brasil: Terra Amaldiçoada” (Mickael Menegheti)

No dia 29 de janeiro de 1500, uma expedição espanhola ao Rio Santa María del Mar Dulce (Rio Amazonas) vai levar os tripulantes da Saturno, sexta caravela da esquadra liderada pelo capitão-mor Vicente Yáñez Pinzón, a se defrontar com horrores jamais vistos. Seres hediondos com calcanhares invertidos não estão dispostos a deixar sobreviventes.

“Entre conspirações e monstros mitológicos” (João Rogaciano)

Um aventureiro português, D. Leopoldo Cid, se vê envolvido numa trama intrincada e sangrenta de mistério, envolvendo uma bela jovem e uma monstruosa criatura de enormes proporções que parece ter escapado do Brasil e chegado à Ilha da Madeira.

“A Bruxa e o Boi-Tatá” (Vivian Cristina Ferreira)

A bela jovem Bruna resolve retornar a Florianópolis, sua terra natal, mesmo depois dos avisos da mãe. Ao chegar com o namorado nesta ilha repleta de mistérios e magia, ela vai ter que defrontar com uma terrível maldição.

“O Rapaz Misterioso” (Renan Duarte)

Em uma festa de casamento, um coronel recebe a visita de um rapaz misterioso com uma importante revelação. Uma visão aterradora do mito do boto.

“O Padre, O Doutor e os diabos que os carregaram” (Antonio Luiz M.C. Costa)

Um padre narra suas aventuras no Rio da Contas, onde encontra uma misteriosa tribo, tão pura quanto libertina. O resultado muda totalmente a visão que ambos os povos ‘atrasados’ tinham uns dos outros.

Em pré-venda com 40% de desconto durante a promoção Férias com Dragões (pedido mínimo de 2 exemplares em todo o site), frete incluso para todo o Brasil. Envios imediatos após a confirmação dos pagamentos, mas só até amanhã, dia 05/07/2013.

Paypal | PagSeguro

Organizadores: Clinton Davisson, Grazielle de Marco e Maria Georgina de Souza

ISBN: 978-85-62942-79-2
Gênero: Literatura de Fantasia e Terror
Formato: 14 cm x 21 cm
Páginas: 248
Preço de capa: R$ 44,90 (papel)
R$ 19,90 (e-book)

0 Comentários

  1. João Rogaciano disse:

    Oi Pessoal!

    Peço um favor:
    no título do meu conto “Entre conspirações e monstro mitológicos”, acertem “monstro” (singular) para “monstros” (plural) para concordar com “mitológicos” (plural).

    Obrigado.

    Um abraço,

    João Rogaciano

  2. […] editora Draco acaba de divulgar as sinopses das histórias de sua nova coletânea, intitulada Brasil Fantástico. A coletânea […]

  3. Tanko disse:

    Olha a Andréia aí, gente! *o*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *