policia-socorrro
Conversamos com Amanda Ribeiro e Luiz Fernando Menezes, autores de Socorro! Polícia!
maio 23, 2018
draco + as abaratas
Leve no peito obras fantásticas
junho 8, 2018

Editora Draco no FIQ 2018

Draco no Festival Guia Internacional de Quadrinhos

A Editora Draco estará no 10º Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte, no estande 4, com todo seu catálogo e mais três lançamentos:

Periferia Cyberpunk

Aventure-se pelas margens de um futuro decadente

Em um futuro não tão distante, quando a crise se tornar tão generalizada que perderá o controle, a alta tecnologia estará ao alcance de todos, mas a qualidade de vida será para poucos. Esse é o mote central das oito histórias reunidas na coletânea Periferia Cyberpunk, lançamento da Editora Draco para o FIQ 2018.

Com fortes referências aos clássicos de William Gibson e Bruce Sterling, as histórias também sofrem influências do pessimismo pelas novas tecnologias de séries de TV como Black Mirror e Electric Dreams. Nas histórias do quadrinho, diversas regiões do Brasil são o palco de distopias nas quais as grandes corporações e o governo mandam e desmandam em tudo. Onde o mercado é mais importante que o bem-estar social, mas não há absolutamente ninguém lutando por isso. Apenas uma pequena resistência ainda batalha contra esses abusos.

O álbum reúne um grande time de autores formado pelos roteiristas Airton Marinho, Larissa Palmieri, Guilherme Wanke, Cauê Marques, Lucas Barcellos, Antonio Tadeu, Bruna Oliveira e Raphael Fernandes, que também edita e organiza a coletânea. Já a arte ficou por conta de Jader Corrêa, Braziliano, Cassio Ribeiro, Jean Sinclair, Thiago Lima, Azrael de Aguiar, Akemy Hayashi e Doc Goose. Além de uma capa feita por Camaleão.

Se você procura histórias de ficção científica com forte apelo crítico, social e provocador, Periferia Cyberpunk chegou para incomodar. Tudo isso sem deixar a ação e o entretenimento de lado.

Compre agora na nossa loja virtual

Socorro! Polícia!

Um em cada três brasileiros tem medo da Polícia Militar. Mas por que essas pessoas não se sentem seguras perto de um policial fardado?

Os jornalistas Amanda Ribeiro (Folha de S. Paulo) e Luiz Fernando Menezes (Aos Fatos) ficaram um ano tentando responder a essa pergunta. Entrevistaram dezenas de policiais militares e especialistas em segurança pública, leram livros e artigos sobre o assunto e exploraram pesquisas e bancos de dados sobre a instituição.

Tudo isso os levou a descobrir que a questão é muito mais complexa do que parece. Por um lado, a polícia faz execuções sumárias, usa violência desmedida e abusa da autoridade, mas por outro ela sofre com uma estrutura institucional sucateada, baixos salários e falta de segurança.

Em meio a tudo isso, surgiram outros questionamentos. Será que o que a televisão e os jornais mostram é de fato a realidade policial? Seria a tão falada desmilitarização um caminho viável? e a justiça, o controle de fronteiras, a taxa de desemprego e a educação? Elas também não interferem na segurança pública brasileira?

Socorro! Polícia! é uma reportagem em quadrinhos que não tira conclusões. Seu objetivo é mostrar o quão problemática é a situação e que não existem soluções rápidas. Mas uma coisa fica clara, não se pode culpar o policial, pois ele é um dos que mais sofre com a Polícia Militar.

Compre agora na nossa loja virtual

Cangaço Overdrive

 

O sertão cyberpunk é a arena onde duelam inimigos jurados de outra era

Em um futuro possível, o Ceará enfrenta sua maior seca em séculos. Uma terra esquecida pelo governo e dominada pelos interesses dos conglomerados empresariais, este é o cenário árido onde um lendário cangaceiro e um impiedoso coronel são reanimados para continuar a peleja que deixaram no passado.

Enquanto isso, uma comunidade autogerida tenta manter a independência ao defender sua terra de um ataque da polícia orquestrado por uma grande corporação. Agora a honra e o orgulho dos guerreiros dos confins será revivida por aqueles que irão até o fim para defender aquilo que amam.

Com narração em forma de cordel e batalhas onde próteses cibernéticas e a conexão absoluta são a realidade, Cangaço Overdrive é um cyberpunk nordestino em quadrinhos com roteiro de Zé Wellington (Quem Matou João Ninguém?, Steampunk Ladies: Vingança a vapor), desenhos de Walter Geovani (Red Sonja, Sala Imaculada) e Luiz Carlos B. Freitas e cores de Dika Araújo (Quimera) e Tiago Barsa (The few and the cursed).

Compre agora na nossa loja virtual

Serviço

10º Festival Internacional de Quadrinhos 2018

Quando: 30 de maio a 3 de junho

Onde:  Serraria Souza Pinto, Av. Assis Chateaubriand, 809 – Belo Horizonte/MG.

Site: http://www.fiq.pbh.gov.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *