Conheça os samurais que vão desenhar Shogum dos Mortos
fevereiro 8, 2018
Novo site da Editora Draco
março 7, 2018

Editora Draco abre seleção para a coletânea Sangue no Olho, o faroeste em quadrinhos

 

Homens armados, sol escaldante, botecos mal frequentados, pistoleiros de cabeça quente, mulheres que aprendem a sobreviver sozinhas, vinganças sem limites, criminalidade transbordando… Tudo isso descreve o climão de um bom faroeste, mas também tem muito a ver com o Brasil. Quantos lugares não têm tudo isso e ainda grandes trocas de tiro, jogatina ilegal e tudo o que caracteriza um belo de um bangue bangue? Muitos, né?

Pensando nisso, estamos abrindo uma coletânea de faroeste, mas com uma pegada um pouco diferente. Nós queremos contar histórias de faroeste ambientadas em todo o território brasileiro. Ou seja, além das já tradicionais histórias de faroeste no cangaço, queremos: conflitos entre madeireiros e indígenas, perigos em um garimpo sem lei, disputas de território em uma favela, um gaúcho defendendo sua fazenda de um grupo de bandidos, um banco sendo roubado no Brasil, assaltos de carga, policiais durões e que não aceitam propina, justiceiros do nordeste, seringueiros no Acre… tudo isso e o que mais você conseguir pensar.

Queremos histórias em quadrinhos de faroeste ambientadas no território brasileiro de todas as épocas. A coletânea Sangue no Olho vai testar todos os limites da sua imaginação para criar histórias violentas, brutais e sujas.

Referências:

Estamos procurando histórias do gênero faroeste ambientadas no Brasil de todas as épocas. As histórias em quadrinhos devem ter os elementos básicos de um bom western, mas podem conter elementos de gêneros como terror, policial, suspense e até mesmo fantasia e FC, por que não? Isso daria um belo weird western. Ou seja, dessa vez queremos HQs violentas, raivosas, empolgantes e tensas. Mas é importante frisar que todos os elementos fantásticos e especulativos só devem reforçar a ambientação do bangue bangue.

Algumas referências do que esperamos:

Cinema e televisão

Onde os Fracos Não Tem Vez, Era uma Vez no Oeste, Três Homens em Conflito, Por um Punhado de Dólares, Django, Django Livre, Um Pistoleiro Chamado Papaco, Pulp Fiction, Os Imperdoáveis, Bravura Indômita, Sete Homens e um Destino, Meu Ódio Será sua Herança, El Topo, Dança com Lobos, Homem Morto, Os Oito Odiados, Rastro da Maldade, Os Indomáveis, O Segredo de Brokeback Mountain, O Matador… lembrando que a ambientação não precisa se passar no mesmo período do velho oeste, como a maioria desses filmes, mas ter o clima e o estilo dessas histórias.

Quadrinhos

Escalpo, The Sixth Gun, Ken Parker, Mágico Vento, Tex, Zagor, Gatilho, Jurados de Morte, Blue Berry, Green Blood, Priest, Pretty Deadly, O Santo dos Assassinos, Preacher, Peregrino, Jonah Hex, East os West, A Torre Negra, Weird Western Tales, Bang Bang (nacional)…

Literatura e RPG

Herança de Sangue, Torre Negra, Deadlands, Werewolf Wild West, Areia nos Dentes, Bravura Indômita, Onde os Velhos Não Tem Vez

Séries de TV

Westworld, Godless, Dra. Quinn, Renascer (sim, a novela), Kung Fu, Deadwood…

Videogames

Red Dead Redemption, Wild Arms, Call of Juarez, Sunset Riders, Alone in the Dark 3…

O importante é entender que, independente das suas referências como autor, o gênero faroeste deve servir à construção de narrativas fictícias, que podem ser bem pé no chão e/ou narrativas com alguns elementos fantásticos, de ficção científica e/ou de horror. Não se prendam a essas referências, pois nenhuma atende por completo ao tema que criamos (HQs de faroeste ambientadas no Brasil, que podem ter ou não um elemento fantástico).

Poderão participar:

  • Quadrinistas (roteiro + arte);
  • Duplas de criação (roteiristas + ilustradores);
  • Artistas solo (ilustradores ou roteiristas) – encaixaremos os ilustradores com os roteiristas de acordo com as suas características.

Idade mínima:

Não existe idade mínima, porém menores de idade deverão ter o contrato assinado pelos responsáveis legais.

Sobre os materiais para avaliação

Nosso foco é nas histórias inéditas e que não sejam séries que já estejam publicadas na web. Temos como objetivo construir as histórias em conjunto com os autores, buscando profissionalismo e qualidade.

Não há preconceitos com estilos. Assim como esperamos roteiros bem narrados e diversificados, também aceitamos traços de todos os tipos. Dos mangás aos europeus, passando pelos heroicos comics estadunidenses. Ou nada disso, uma proposta única e típica dos brasileiros desbravando o universo das artes sequenciais. O formato do álbum é 17 x 24 cm e a mancha de arte passa a ser estipulada em 14 x 21 cm, ou seja, as margens são de 1,5 cm em todos os lados. As histórias serão em PRETO E BRANCO, podendo usar tons de cinza ou hachuras.

Atenção! Todas as histórias começam em uma página ímpar e terminam em uma página par. Por isso programe páginas duplas ou cenas de impacto com isso em mente.

As histórias do álbum são para um público adulto, portanto nudez e violência são permitidas, desde que façam parte do contexto e não sirvam simplesmente para chamar atenção.

Isso não é um concurso, mas uma seleção do que melhor atender aos interesses editoriais da Editora Draco.

A coletânea terá 168 páginas, com 8 histórias de 20 páginas. A publicação terá o formato de álbuns para livrarias, ou seja, a ideia não é a distribuição em bancas, mas nas grandes redes de livrarias ou lojas especializadas. E o prazo de entrega vai até 20 de março de 2018.

E-mail para envio das submissões: dracomicsbr@gmail.com

Resumo

Antologia: Sangue no Olho

Organizador: Raphael Fernandes

Conteúdo: Histórias e ilustrações do gênero faroeste ambientadas em algum lugar do Brasil.

Formato da submissão: Envie a sua submissão por e-mail dracomicsbr@gmail.com em PDF ou imagens em JPG (no mínimo 150 dpi para avaliação e 300 dpi caso seja aprovado) com o assunto [Sangue no Olho]. Trabalhos aprovados terão orientação da EDITORA para fechamento de arquivos.

PRAZO DE ENTREGA: 20 de março de 2018.

Modo de envio:

QUADRINHOS: As páginas de quadrinhos da Draco têm a medida de 17 x 24 cm e a mancha de arte passa a ser estipulada em 14 x 21 cm, ou seja, as margens são de 1,5 cm em todos os lados. 4 cores.

ARTE: Enviar um link para seu portfólio com páginas de QUADRINHOS. Se não tiver, mandar amostras por email.

ROTEIRO: As páginas de roteiro deverão ter indicação de Quadro e Balão de acordo com a sua ordem de leitura. Ex.:

Página 1

(pode haver uma descrição geral da narrativa da página)

Quadro 1: Personagem lendo na internet como enviar um quadrinho para a editora Draco.

Nome do personagem – Ah, é assim que mando o material!

Quadro 2: Personagem olha para o leitor e faz uma expressão de surpresa feliz. Como um Eureka!

Nome do personagem – Agora eu entende mesmo!

No seu email deve conter:

Se for roteirista:

Sinopse de um parágrafo e resumo da história (contando tudo o que acontece, não um texto que instigue a leitura). E roteiro completo que resulte em um quadrinho de 20 páginas. Ou seja, o roteiro é para produção de 20 páginas de HQs desenhadas. O roteiro deve ter formatação com indicações de balões e personagens aos quais se referem.
Se for desenhista:

Link para seu portfólio (podem ser algumas páginas de amostra). Posteriormente, caso esteja pré-selecionado, vamos pedir um teste com algum roteiro aprovado.

Se for uma dupla ou um artista que escreva e desenhe:

O roteiro completo, mais três páginas finalizadas, acompanhadas de um link de portfólio atualizado de seu trabalho como desenhista.

Sangue no Olho – Roteiros, portfólio e artes até 20 de março de 2018.

Só pra deixar claro: se você só desenha, envie portfólio até a data acima; se apenas escreve, o roteiro deve ser entregue até a data; e se faz ou fazem ambos, mandem roteiro, artes e portfólio até a data final.

Contrato e pagamento de direitos autorais: Autores e organizadores receberão 15 exemplares por história (ou 8 para cada participante da dupla) ou porcentagem de 15% do faturamento líquido das vendas dividida entre as 08 histórias (total de 1,9% do faturamento líquido) a serem acertados anualmente. Além disso, os autores têm sempre desconto de 40% para adquirir exemplares e revendê-los, caso queiram. Como todas as coletâneas da Editora Draco, não há cobrança nem obrigação de aquisição de exemplares aos autores.

Participe e faça parte da editora que é obcecada pelos talentos brasileiros e suas obras originais.

#DracoSpirit

 

Raphael Fernandes
Raphael Fernandes
é o editor de quadrinhos da Draco.

7 Comentários

  1. Carlos disse:

    House aplicações suficientes para produzir a coletânea? Ouvi dizer que isso foi obstáculo na conclusão de outras edições, correto?

    • Blog da Draco disse:

      Carlos, tudo bem?
      Estamos nos processos estruturais dessa coletânea.
      Também estamos reorganizando nossos lançamentos por conta de uma mudança no estoque e na rotina dos colaboradores. Em breve, teremos novidades.

  2. Araruta disse:

    Olá, amigos! Quando sai o resultado da seleção?

    • Blog da Draco disse:

      Bom dia! Estamos avaliando e apurando os trabalhos. Nos acompanhe aqui e nas redes sociais que assim que finalizarmos a seleção, divulgaremos. Muito obrigado!

  3. Carlos disse:

    Parabéns pela iniciativa! Espero que venham mais projetos como esse ainda este ano pois participarei sem dúvidas!

  4. Nivaldo Nascimento disse:

    Estou participando como roteirista. Espero que gostem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *