Cyberpunk – Coletânea – Guia para submissão de contos
janeiro 31, 2017
Inverso no Kindle for Samsung
fevereiro 2, 2017

Evangelho de Cthulhu – Coletânea de literatura – Guia para submissão de contos

Quando a perdição é o único caminho, abrace-a e encare o abismo

Apesar de não ser reconhecido em vida, H. P. Lovecraft foi um dos mais influentes autores de horror de todos os tempos. De Stephen King a Clive Barker, passando pelos filmes de David Cronenberg e John Carpenter, muitos foram os criadores inspirados pelo trabalho do mestre do horror cósmico!

Lovecraft sempre mostrava o homem como um ser pequeno e insignificante diante da magnitude maligna do universo. Estamos cercados de criaturas tão antigas, poderosas e doentias que o menor contato com elas pode levar uma pessoa a perder completamente a sanidade.

Seus monstros indescritíveis, tomos proibidos fictícios e indivíduos de mente fraturada formam aquilo que os admiradores de Lovecraft chamam de Mythos de Cthulhu. Na Draco, somos todos obcecados por histórias de terror e nossa maior alegria é encontrar novos escritores que saibam saborear a escuridão. Por isso, anunciamos a abertura da coletânea de literatura que homenageia a obra do pai dos Grandes Antigos. Contemplem o Evangelho de Cthulhu!

Queremos ler contos que lidem com temas como a tristeza das perdas, a angústia de vivenciar situações que não podemos controlar, a cogitação do suicídio como única forma de libertação, o flerte com o desespero e a familiaridade com o sofrimento nos dias que se seguem. Histórias com forte apelo humano, mas podendo ser desde fantasias cthulianas como as de Robert E. Howard, contos pervertidos e de “body horror” como os de Clive Barker e Cronenberg, além de suspenses de embrulhar o estômago com a corrupção da mente humana como dos filmes “Possessão” e “À Beira da Loucura”. Tudo isso sempre envolvido por atmosferas pesadas, opressoras, e com a forte presença da religião como a busca por um sentido e a salvação naquilo que consideramos divino. E aí estão os deuses inconcebíveis que habitaram a imaginação de Lovecraft, poderiam seres tão superiores e avançados nos livrarem de nossa insignificância?

Acreditamos que a boa literatura de terror mergulha em nossos piores medos, então convidamos a todos que desejam explorar a própria escuridão a participar. 

Recomendamos para quem quer conhecer ou se aprofundar na obra de H. P. Lovecraft

Livros

O livro ícone: O chamado de Cthulhu (The Call of Cthulhu)

https://www.hedra.com.br/livros/o-chamado-de-cthulhu

Outras obras do autor https://hedra.com.br/author/H.P.%20Lovecraft

Além da Hedra, editoras como a Clock Tower, RetroPunk, NewOrder têm ótimas edições brasileiras sobre o universo lovecraftiano.

Conheça também nossas obras inspiradas pelos Mitos de Cthulhu

http://editoradraco.com/2016/08/18/misterios-do-mal-contos-de-horror-carlos-orsi/

http://editoradraco.com/2016/08/10/despertar-cthulhu-em-quadrinhos/

Games

Bloodborne, Alone in the Dark, Prisioner of Ice.

Texto de Carlos Orsi sobre H. P. Lovecraft

https://blog.editoradraco.com/2016/08/caminhos-de-lovecraft/

Resumo dos Mitos de Cthulhu

http://www.mortesubitainc.org/lovecraft/mitos-de-cthulhu-1/mitos-de-cthulhu

 

Resumo

Antologia: Evangelho de Cthulhu

Organizadores: Erick Santos Cardoso e Cirilo S. Lemos

Conteúdo: Histórias de qualquer subgênero de terror, mas também são permitidas inserções de fantasia, ficção científica e gêneros correlatos. Como praxe em todas as coletâneas da Draco, não serão aceitos textos com referências excessivas a obras com direitos protegidos, ao ponto de poder ser caracterizado como fanfic. Nomes de personagens, ambientes, tudo isso entra nesse escopo e deve ser evitado. Porém, a obra em inglês de H. P. Lovecraft está em domínio público, então pode ser citada sem problemas. Utilize-a para se inspirar e construir conteúdo próprio e com visões diferentes para o tema sugerido.

Formato da submissão: Arquivo .rtf com negritos e itálicos aplicados.

Contrato e pagamento de direitos autorais: Como todas as coletâneas da Editora Draco, não há cobrança nem obrigação de aquisição de exemplares aos autores. Os autores têm sempre desconto de 40% para adquirir exemplares e revendê-los, caso queiram. Além disso, a porcentagem de 15% do faturamento das vendas será dividida entre os autores e organizadores como forma de remuneração.

Limites: 5.000 a 10.000 palavras (cerca de 26000 e 52000 toques ou caracteres).

Remessa para: editoradraco@gmail.com com o título do e-mail “[EVANGELHO CTHULHU] Nome do Conto – Nome do autor”.

Deadline: 30 de Maio de 2017.

Divulgação dos participantes: 30 de Julho de 2017.

23 Comments

  1. Guto disse:

    O dia 30 de julho passou sem noticias da coletânea. Ela foi cancelada?

  2. Fernando de Azevedo Alves disse:

    Olá, caros editores!
    Ainda está aberta a possibilidade de submissões a essa antologia?
    Até quando?
    Abraços!

  3. JOy disse:

    Droga, perdi o prazo! Pensei que era até hoje!

  4. Wendel Whateley disse:

    Existe a chance de prolongar por mais uns dias esse resultado?

  5. H.P.Filho disse:

    Boa noite!
    Pode conter algum tipo de cena de sexo? Confirme o prazo de envio do conto pra mim por favor, 30/05/2017! Obrigado.

  6. Do vale disse:

    Bom dia,
    tenho um conto que aproximadamente umas 3 mil palavras. Posso mandar esse texto?

  7. Jéssica disse:

    Olá! Meu conto tem 9954 palavras, mas 56000 caracteres com espaço. Poderei submetê-lo à avaliação?

  8. Thay Gomez disse:

    Este prazo está mais razoável para mim 🙂
    Adorei saber, estou em uma fase Lovecraft, no Mestrado. Maravilhosa notícia. Depois de um tempo atuando na Crítica Literária, ficamos um pouco presos a esse lado do mundo literário. Voltando a escrever Fantástico S2.

  9. Roberta D'Angelo Mellis disse:

    O texto tem que ser completamente inedito ou pode ja ter sido publicado na web?
    Pode ser um texto que ja participou de outro concurso?

  10. Diego Mendonça disse:

    Gostaria de saber, posso enviar mais de um conto para a submissão?

  11. Pedro disse:

    Olá! É possível inscrevar mais de um conto?

  12. Lunewalker disse:

    “Limites: 5.000 a 10.000 palavras (cerca de 26000 e 52000 toques ou caracteres)”.
    São com ou sem espaços?

  13. Gueixa Salvatore disse:

    Olá, gostaria de saber, se uma historia conter “temas como a tristeza das perdas, a angústia de vivenciar situações que não podemos controlar, a cogitação do suicídio como única forma de libertação, o flerte com o desespero e a familiaridade com o sofrimento nos dias que se seguem”, mas não tiver nada de sobrenatural, ainda vai estar dentro da proposta ou não será valida?

  14. R. disse:

    Dark Fantasy é válido?

  15. Howard Harris disse:

    Poderiam ser mais claros quanto ao formato de submissão.
    Todo o texto tem de estar em itálico?
    Posso enviar o texto como documento do Microsoft Word?

    • Erick Santos Cardoso disse:

      Oi, Howard, itálico e negrito são estilos de texto e só devem ser usados quando você quiser no texto. O formato .rtf é um formato que você pode salvar no próprio Microsoft Word ou outros processadores de texto. Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *