Super Desapegada, de Jaqueline de Marco, no Kindle for Samsung
maio 3, 2016
O Baronato de Shoah – Galeria de Personagens – Parte final
maio 4, 2016

O Despertar de Cthulhu em Quadrinhos – Resultados para a coletânea

By Steve Sommers
Com o sucesso de crítica e vendas de O Rei Amarelo em Quadrinhos, fomos surpreendidos com um número considerável de submissões para a nova coletânea. O Despertar de Cthulhu em Quadrinhos será uma antologia de horror com forte influência de autores como Clive Barker, Stephen King, Junji Ito e, claro, H. P. Lovecraft.

Somados aos convidados da casa, foram mais de 100 roteiros lidos e avaliados pela equipe Draco. Após todo esse trabalho de pré-edição, fechamos uma lista com as oito melhores histórias de terror envolvendo Cthulhu e outros mythos criados por H. P. Lovecraft.

Essa, como todas as coletâneas da Draco, é uma seleção criteriosa de trabalhos e sempre contamos com a ajuda dos autores para editarmos juntos roteiros, artes e montar times que reúnam histórias que se complementem e formem um álbum forte e que atenda aos fãs do bom terror e quadrinhos.

Conheça as histórias que farão parte de O Despertar de Cthulhu em Quadrinhos:

Os Tambores de Azathoth
Roteiro: Antonio Tadeu Ferreira
Arte: LuCas Chewie

O Salmo do Sangue Antigo
Roteiro e arte: Dudu Torres

Macio
Roteiro: Airton Marinho
Arte: Fabrício Bohrer

Sob a Insana Luz
Roteiro: Caiuã Araújo
Arte: Marcio de Castro

O Caso da Truta Salmonada
Roteiro: Jun Sugiyama
Arte: Daniel Bretas e Hilton P. Rocha

A Língua da Fé
Roteiro: Raphael Fernandes
Arte: Samuel Bono

Projeto Clhithmaek’ Tyivh
Roteiro e arte: Lucas Pereira

O que dorme
Roteiro: Bárbara Garcia
Arte: Elias Aquino

Já começamos a trabalhar na edição e produção desses roteiros, que já se encontram em fase de desenvolvimento. Parabéns a todos os selecionados, estamos ansiosos pelo resultado final.

Aproveitamos para agradecer a todos que enviaram suas histórias e portfólios para nós. O trabalho de selecionar e montar álbuns é muito desafiador e ficamos contentes de poder contribuir para o quadrinho nacional. Em breve, vamos publicar aqui mesmo um texto sobre os principais problemas na hora de enviar roteiros de HQ. Se não podemos fazer retornos individuais por uma limitação de pessoal, será um apanhado que mostra os erros mais comuns e que devem ser evitados para aumentar as chances de seleção em uma próxima coletânea.

Abraços!

Raphael Fernandes
Raphael Fernandes
é o editor de quadrinhos da Draco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *