Depois do fim: Escrevendo “O último gole de cerveja”, Eduardo Kasse
setembro 23, 2014
Depois do fim: Escrevendo “Postdomini”, Gerson Lodi-Ribeiro
setembro 29, 2014

Depois do fim: Escrevendo “Maioridade”, Diogo de Souza

ruinas

Sua mãe, Chuva, deveria estar chorando até agora. Talvez chamasse por ele no quarto da sua família. Raio pensou mais uma vez em voltar até o abrigo, bater na porta, só para falar para Chuva que ele ainda vivia, continuava bem…

 

Mas ele não estava bem. Era um condenado e não poderia voltar. Se Chuva o ouvisse de novo, ficaria mais triste ainda…

Um cenário pós-apocalíptico traz, só pela proposta, sensações de desolação, de desesperança e desilusão. O mundo pós-apocalíptico é um mundo em que, se o fim trouxe um novo começo, este vem carregado de incertezas e inseguranças. Conseguiremos sobreviver? Será que valeu a pena? E agora?

Na nossa vida, pelo menos para muitas pessoas, há poucos momentos de mais desilusão do que quando nos damos conta, finalmente, que nossos pais são vulneráveis, que são seres humanos falíveis, como nós, e que no final das contas, mais dia, menos dia, nós é que vamos ter que tomar conta de nós mesmos. Esse é um processo inevitável no crescimento de muitos, e um momento de quebra de ilusões ao mesmo tempo inocente, triste, e também esperançoso. É um fim, e um começo também.

Juntar as duas coisas foi o que me moveu a escrever o conto “Maioridade” para a coletânea Depois do fim. Todas as sociedades têm seus ritos de passagem da infância à idade adulta, mas como seria isso em um mundo com tão pouco a oferecer, e com tanta coisa que foi perdida e cuja falta é sentida? Unir a desilusão de um fim cataclísmico com a desilusão da vulnerabilidade dos nossos pais foi um ponto de atração que me levou a tentar essa alquimia, e a apresentar essa história, ao mesmo tempo tão fantástica, e talvez nem tanto.

Boas leituras a todos.

Gostou? Então adquira o e-book da coletânea “Depois do fim”:

Amazon | Kobo | Google | Saraiva | Cultura

0 Comments

  1. Natalia lima disse:

    Adorei este site ao ler vi que era o que eu estava procurando, Estou ansiosa para ler seu próximo artigo, parabéns.
    Natalia e muito Swing um abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *