Terra Morta – relatos de sobrevivência a um apocalipse zumbi: Escrevendo “Demônios eu vi lá no parque, demônios por todas as partes”, de Tiago Toy
dezembro 6, 2013
Terra Morta – relatos de sobrevivência a um apocalipse zumbi: Escrevendo “Pra fazer sabão é que não é”, Tiago Toy
dezembro 9, 2013

Meu Amor é um Sobrevivente: quando o mundo acaba, os sentimentos perduram

Meu Amor é um Sobrevivente, editora dracoA coleção Amores Proibidos começou a ser pensada em 2009, com o intuito de acompanhar uma tendência crescente no mercado editorial: o romance sobrenatural, voltado para jovens e jovens adultos.

Para os organizadores Eric Novello e Janaína Chervezan, a ideia de usar os vampiros como um pontapé inicial foi irresistível, dado seu apelo entre os leitores e a representatividade de algumas autoras consagradas. Dizemos “autoras” porque desde o início ficou decidido que os contos, voltados principalmente para o público feminino, também seriam escritos por mulheres.

O lançamento foi um sucesso e logo surgiu o segundo volume, dessa vez dedicado aos anjos. No terceiro, uma novidade: ao invés de contar apenas com autoras convidadas, optou-se por ter uma só, enquanto as outras oito vagas seriam preenchidas por meio de seleção. Assim foi composto o terceiro volume, “Meu amor é um mito”, em que o elemento sobrenatural deveria pertencer a uma das três mitologias: celta, nórdica ou greco-romana.

As discussões em torno de um possível “fim do mundo” em dezembro de 2012 levaram os organizadores a escolher um tema desafiador para o volume 4: o amor entre sobreviventes de uma catástrofe. A ênfase devia ser dada ao cenário, necessariamente pós-apocalíptico. Enquanto as autoras trabalhavam, Eric Novello foi substituído na organização por mim, Ana Lúcia Merege, que ajudei Janaína Chervezan a escolher os oito textos que se somariam aos da autora convidada Lidia Zuin.

Ao começar as leituras, receávamos que a maioria dos contos fizessem menção a zumbis, o que tornaria difícil conseguirmos uma diversidade de temas e cenários. Felizmente, recebemos excelentes trabalhos que fogem a essa temática, além de possuírem excelentes qualidades literárias. Não que os zumbis tenham ficado de fora, mas os contos reunidos neste livro são a prova de que há muito mais para se dizer quando o tema é o amor entre sobreviventes.

É esse o livro que estamos colocando em pré-venda a partir de agora. Mais uma vez, tivemos a chance de revelar talentos promissores no campo da literatura, o que nos deixa muito felizes. Temos certeza de que vocês também irão gostar e se emocionar com esses contos. Afinal, quem não quer ter um grande amor – e ficar vivo para contar a história?

Interessou-se pela coletânea Meu Amor é um Sobrevivente? Acesse: editoradraco.com/2013/11/05/meu-amor-e-um-sobrevivente/ e garanta o seu exemplar!

0 Comments

  1. Melissa de Sá disse:

    Fiquei feliz quando vi que são várias as abordagens do livro. Vou comprar com certeza!

  2. Karen Alvares disse:

    É, o problema nessa antologia é ficar vivo para contar a história… rs 😛
    Orgulhão de estar nessa antologia com tantas autoras talentosas e organizada por duas mulheres tão competentes. E adorei a capa. Mal posso esperar para colocar as mãos nesse livro e devorá-lo como um zumbi! uhahuahuahuahua 🙂
    Adorei o post. 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *