Ebooks e a internacionalização da literatura brasileira
janeiro 20, 2012
Blogs parceiros para 2012
fevereiro 15, 2012

A profissionalização do mercado de literatura fantástica

Quando a Draco surgiu no final de 2009, foi com a proposta de dar a minha contribuição para um mercado tão forte pelo mundo e ainda engatinhando no Brasil. O mercado de literatura de entretenimento, mas em especial a vertente fantástica.

Vamos definir que Literatura de Entretenimento está ligada mais à diversão proporcionada por boas histórias do que a busca da melhor forma de linguagem artística. Aqui na Draco, além de excelente expressão e técnica, exigimos que os nossos artistas trabalhem pela mais incrível viagem que a imaginação pode nos dar. Então continuaremos esse trabalho que reúne grandes desenhistas, grandes autores, grandes contadores de histórias, não importa o método ou plataforma: quadrinhos, contos, noveletas, romances e outros meios que vieram e virão.

Mas se o Brasil é conhecido por exportar grandes talentos em todas as áreas artísticas, vide desenhistas de quadrinhos, diretores de cinema, atores, modeladores e designers de games, o que diferencia tantos profissionais nacionais de os de outros países do mundo? A profissionalização do mercado.

O brasileiro que atua nessas áreas profissionalmente (vamos definir profissionalmente como aqueles que vivem disso, tiram o seu sustento desse trabalho, pagam todas as suas contas com essa renda e podem se dar o luxo de dizer que têm nisso a sua carreira) ainda é raro e o atual quadro de publicações e presença de editoras, autores, desenhistas e muitas publicações independentes que a internet possibilitou, incluindo a Draco, podem mascarar a realidade. Nós ainda não temos um mercado profissionalizado e há muito trabalho pela frente. O respeito que se adquire com leitores e distribuidores é uma relação delicada e sempre em xeque, precisamos mostrar qualidade e comprometimento todos os dias e os resultados só vêm após muito tempo.

Mas mesmo assim, temos certeza que estamos fazendo a nossa parte pela profissionalização do Mercado. Em 2012 temos algumas novidades, algumas apresentações e algumas despedidas. Vamos nos ater às coisas que já aconteceram, mas fica a deixa para futuras notícias.

Damos boas vindas aos autores Cirilo S. Lemos, Flávio Medeiros, Eduardo Kasse, Marcelo Ferlin Assami e Waldick Garrett, apenas alguns dos nomes acertados entrando em nosso catálogo, eles  já vêm sendo apresentados em nossas redes sociais.

Assim como também nos despedimos de profissionais que obtiveram oportunidades interessantes e que nos enchem de orgulho por terem feito parte de nosso time, como é o caso de Douglas MCT. Autor da série Necrópolis, é um dos apoiadores da casa desde o começo e agora se despede da Draco como romancista para entrar para a lista de ótimos autores do selo Gutemberg da Ed. Autêntica. A gerente editorial Gabriela da Gutemberg fala mais sobre o seu trabalho e a sua relação com a obra de Douglas aqui. Mas a participação do autor como contista continua, é um dos autores convidados da antologia Fantasias Urbanas, organizada por Eric Novello, além de ter publicado o seu trabalho Bonifrate conosco pela Amazon.

A ideia de autores revelados ou inicialmente lançados por nós estarem alcançando outros patamares é compensador e isso só endossa o trabalho desenvolvido até então. A Draco já pôde ter o orgulho de exportar títulosreunir os veteranos; lançar novos autores como Tiago Toy, Jim Anotsu, José Roberto Vieira e Iris Figueiredodar à literatura brasileira o acesso mundial. Isso só foi possível pelo apoio dos profissionais que fazem essa casa e de nosso mais importante patrimônio, os leitores e amantes de boas histórias.

Que venha o #AnodoDragao

Erick S. Cardoso

 

 

 

 

0 Comments

  1. Jaime Daniel disse:

    Parabéns a editora Draco pela sua valiosa contribuição a literatura nacional, e por permitir a entrada de novos autores em nosso mercado.

    E estamos aguardando os próximos!

  2. Douglas MCT disse:

    Eu agradeço pela primeira e grande oportunidade neste meio, amigo.

    Construímos algo juntos e, mesmo agora em outra casa, teremos espaço para levantar novos tijolos no futuro.

    Obrigado e sucesso para Draco, sempre levantando voos mais altos.
    Sucesso para nós.

    Um grande abraço!

  3. Vilto Reis disse:

    Poxa Erick, este texto foi inspirador, mas sem fugira da realidade. Expôs o desafio da profissionalização do mercado, sem esquecer de mencionar os objetivos já alcançados.

    Parabéns a editora Draco e a sua iniciativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *