Mangás da Draco estão na exposição O Universo dos Quadrinhos
setembro 3, 2018
Draco na Bienal de Quadrinhos de Curitiba 2018
setembro 5, 2018

[Top 5] Periferia Cyberpunk – Condomínio Paradise, Larissa Palmieri

A roteirista Larissa Palmieri nos contou quais foram as suas influências para escrever Condomínio Paradise, sua história na HQ Periferia Cyberpunk.

Sobre a Larissa

É fã de quadrinhos desde a infância. No entanto, em 2015, percebeu que ler e resenhar suas obras preferidas no seu blog pessoal não era mais suficiente. Após uma série de cursos de roteiro com grandes nomes do quadrinho nacional como Raphael FernandesMarcela Godoy e Daniel Esteves, publicou a sua primeira história em Março de 2017 pela Editora Draco, dentro da coletânea Space Opera em Quadrinhos.

Além destas obras já publicadas, a sua participação foi anunciada em outras coletâneas da Editora Draco. As publicações são Periferia Cyberpunk, coletânea de histórias cyberpunk que se passam nas periferias do Brasil, e Delirium Tremens de Edgar Allan Poe, que homenageia um dos mais importantes escritores de terror da História com contos inspirados em sua obra.

1 – Eden Log

Esse filme francês de 2007, dirigido por Franck Vestiel, é uma verdadeira paulada para os desavisados. Visualmente brutal, ele foi uma das grandes influências na construção de Condomínio Paradise por duas razões. A primeira é a forma que o diretor conduz diversas cenas. Destaque total para a abertura no filme, em que o jogo de luz e sombra quase mata de agonia quem está assistindo. Queria demais transportar esse clima pra história em alguns momentos. O história do filme se passa em uma corporação altamente tecnológica e completamente degradante para a sociedade, o que com certeza me influenciou . Agradeço especialmente ao editor Raphael Fernandes pela dica (e por algumas outras que vou citar mais à frente).

2 – Blame!

As cidades e seus prédios infinitos são uma das maiores inspirações pra essa história. O que o Nihei Tsutomu faz nesse mangá é inacreditável e eu queria também trazer essa noção de profundidade gigantesca dentro de uma cidade pra ajudar a aumentar ainda mais o abismo social – quase literal – que existe nesse universo. Pra mim foi muito divertido escrever e dar corpo ao choque que a protagonista leva ao encarar esse mundo exterior. Tornar cenários urbanos extremamente perigosos e decadentes é sempre um exercício ótimo.

3- Body Horror

Esse subgênero do terror foi fundamental em alguns momentos dessa história e a sensação de ter a privacidade física invadida e subvertida, transformada em algo completamente diferente e dantesco, tem muito a ver com a jornada miserável de Condomínio Paradise. Há quem diga que o nosso corpo é o nosso templo sagrado, então subverter esse conceito também faz parte da desumanização e violação física que rola durante a história. Acho que muitas coisas me influenciaram aqui como Tetsuo – The Iron Man, Society, Freaked, Annihilation, entre outros.

4 – Ergo Proxy

Eu nem gosto tanto do desenvolvimento e do fim da história desse anime, mas a premissa e construção de universo são fantásticas e uma das grandes influências que tive para a criação do sistema social que permeia a trama de Condomínio Paradise. Um mundo perfeito, higiênico e privilegiado do nas últimas colônias humanas que restaram no mundo após o apocalipse. Pura desgraça e caos do lado de fora desses oásis urbanos. Consigo claramente ver São Paulo, cidade onde Condomínio Paradise acontece, vivendo nesses moldes. Combina demais com o espírito paulistano.

5 – Godflesh

Se tem uma coisa que combina com o cyberpunk sujo e de raiz misturado ao horror é o metal industrial. Ouvi muito Godflesh enquanto escrevia essa história. Além de ser uma das minhas bandas favoritas, acho que a agressividade do som me inspirou a não pegar leve nas cenas mais chocantes. Recomendo demais o disco Streetcleaner e o EP Slavestate. Se você curtir eu indico também a trilha sonora de Tetsuo – The Iron Man, filme citado anteriormente, que é música industrial japonesa da melhor qualidade.

Gostou das referências? Bateu a curiosidade sobre Periferia Cyberpunk?

Você pode comprá-los com frete grátis para todo o Brasil na nossa loja virtual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *